Você já experimentou alguma transformação radical em sua vida. Me refiro aos mais diversos aspectos que a vida pode nos proporcionar através do esforço e ganho pessoal ou pelo mérito; seja no trabalho com uma promoção, no resultado de vestibular onde o tão sonhado desejo de ingressar em uma faculdade, o casamento ou a notícia da chegada do primeiro filho. Bem, essas e outras conquistas faz com que haja grandes transformações em nossa vida; algumas geram impactos de mudanças temporárias, outras mudanças eternas. Caso tenha experimentado algumas dessas transformações, nada se compara ao êxtase da verdadeira transformação que o evangelho pode nos fornece por meio do poder do Espirito Santo.  

Em uma declaração de Vance Havner, um grande teólogo e escritor protestante, ele diz: Não vamos transformar o mundo pela crítica nem pela conformidade, mas sim pela combustão dentro de vidas inflamadas pelo Espírito de Deus.

A Igreja primitiva no livro de Atos dos Apóstolos não tinha nada do que consideramos essencial para o sucesso hoje - propriedades, dinheiro, influência política, status social -, no entanto, ganhou multidões para Cristo e viu a implantação de inúmeras igrejas por todo o mundo romano. Isso se deu pelo poder do Espírito Santo que capacitava seu ministério. Os primeiros cristãos eram pessoas "inflamadas pelo Espírito de Deus". Esse mesmo poder do Espírito Santo encontra-se a nossa disposição hoje para nos tornar testemunhas mais eficazes de Cristo. Quanto melhor entendermos a forma como o Espírito operou em Pentecostes, mais capazes seremos de nos relacionar com ele e de experimentar seu poder. O ministério do Espírito é glorificar a Cristo na vida e no testemunho do cristão (Jo 16:14), e é isso o que importa. Atos 2.37-47, nos ajuda a entender a ação do poder transformador do Espírito Santo mediante o registro das experiências na vida da Igreja.

  1. O poder do evangelho ocasionou:
  • Ouve uma profunda convicção do pecado. A mensagem compungiu-lhes o coração. v.37;
  • Ouve dúvida: o que devemos fazer? v.37;
  • Pedro responde de forma clara. v.38 – arrependam-se;
  • A aceitação da mensagem. v.41 – eles arrependeram.
  1. Quais foram os frutos do poder do evangelho:
  • Perseveravam na doutrina e na oração. vv.42,46;
  • Amavam-se de coração. v.42;
  • Lembravam-se do Senhor, no partir do pão. v.42,46;
  • Cuidavam-se mutuamente. vv.44,45;
  • Louvavam a Deus. v.47;
  • O número dos salvos aumentava diariamente. v.47.

Pr. Felipe Abreu

Aplicativo Boletim Terceira Igreja

Fique informado sobre tudo o que acontece na Terceira Igreja, onde quer que você esteja. Através do nosso aplicativo você será notificado sobre as atividades que estão acontecendo, novidades e mensagens, além disso, você tem na palma da mão pastorais para sua edificação, estudos bíblicos, informações missionárias,  chat, motivos de oração e um contato rápido e prático com a igreja e os usuários do app. 

Disponível para Android
na Google Play

Acesse nossos canais, se inscreva e compartilhe!

  • 31 3278-1644
  • Rua Uberlândia, 620 • Bairro Carlos Prates
    Belo Horizonte • MG • CEP 30.710-230