A apatia está por toda parte. Ninguém se preocupa em verificar se o que está sendo pregado é verdadeiro ou falso. Um sermão é um sermão, não importa o assunto; só que, quanto mais curto, melhor.   Charles Haddon Spurgeon

Spurgeon não tinha receio de tomar uma posição de firmeza ao lado da verdade, ainda que isso implicasse em que ele ficaria sozinho. Pregar a Palavra de Deus era a paixão de sua vida. Ele acreditava que a tolerância da igreja para com a pregação começava a declinar, enquanto alguns ministros já experimentavam abordagens alternativas ou mensagens abreviadas.

Não muito diferente de João Batista, na qual viveu para a Glória de Deus, suas pregações para o arrependimento chegavam a alcançar os palácios, quartéis, secretaria da fazenda, religiosos e leigos. Sua vida inteira foi em viver em prol do Evangelho para a anunciação e preparação triunfal do messias.

Era um homem com uma missão (Lc 3.4) – Não diferente de João Batista, todos nós possuímos uma missão que precisa ser desenvolvida. Da mesma forma como Deus usou João Batista Deus deseja usar você.

João Batista, possuía qualidades não diferentes do que podemos ter em Cristo Jesus:

  • Ele era uma lâmpada que ardia e iluminava (Jo 1.6-9) – Uma lâmpada que apontava para a verdadeira luz, Jesus: “Eis o Cordeiro de Deus”.
  • Ele era uma voz (Jo 1.22,23) – João não apenas proferia a verdade, ele era a boca de Deus. Havia autoridade e poder em suas palavras.
  • Ele era um homem humilde (Lc 3.11) – Ele disse: “eu não sou digno de desatar-lhes as correias das sandálias”. Disse ainda: "Convém que Ele cresça e eu diminua”.
  • Ele era um homem corajoso (Lc 3.19) – João Batista não aplaudiu Herodes diante do pecado do adultério. Ele preferiu ser preso e degolado do que transigir com a verdade.
  • Ele era um homem cheio do Espírito Santo (Lc 1.15) – Aos 5 meses de idade, estremeceu de alegria no ventre da sua mãe, ele já vibrava por Cristo.

João Batista, viveu o Evangelho diante das crises institucionais, não muito diferente de nós, hoje.

  • Crise moral na nação;
  • Crise política da nação;
  • Crise espiritual da nação.

Mas entre todas as coisas, foi um grande vencedor. Hoje, podemos ser mais que vencedores em Cristo Jesus. Ele compreendeu a mensagem do Evangelho, ele viveu a mensagem do Evangelho sempre com a mesma pregação: Arrependei-vos.

Para que possamos viver o Evangelho, Jesus nos convida ao arrependimento. Essa é a maior manchete de Deus.

  • Na preparação – João Batista diz: Arrependei-vos;
  • Na Inauguração – Jesus vem e conclama: Arrependei-vos;
  • No Pentecostes – Pedro prega: Arrependei-vos;
  • Hoje o Espírito Santo lhe convida: Arrependei-vos para viver o Evangelho

Pr. Felipe Abreu

Aplicativo Boletim Terceira Igreja

Fique informado sobre tudo o que acontece na Terceira Igreja, onde quer que você esteja. Através do nosso aplicativo você será notificado sobre as atividades que estão acontecendo, novidades e mensagens, além disso, você tem na palma da mão pastorais para sua edificação, estudos bíblicos, informações missionárias,  chat, motivos de oração e um contato rápido e prático com a igreja e os usuários do app. 

Disponível para Android
na Google Play

Acesse nossos canais, se inscreva e compartilhe!

  • 31 3278-1644
  • Rua Uberlândia, 620 • Bairro Carlos Prates
    Belo Horizonte • MG • CEP 30.710-230