Lc 1:17: "E irá adiante do Senhor no espírito e poder de Elias, para converter o coração dos pais aos filhos, converter os desobedientes à prudência dos justos e habilitar para o Senhor um povo preparado."

Um tipo de programação televisa que faz muito sucesso hoje em dia são os programas de restauração, daqueles que as pessoas se inscrevem para ter sua casa totalmente reformada, ou seu carro repaginado, e, às vezes, até mesmo a aparência melhorada. Eu acredito que uma das grandes razões que nos fazem gostar de programas como esses é o desejo de ver algo quebrado reestabelecer sua funcionalidade.

Há uma sensação dentro da alma humana que as coisas não deveriam ser assim, que deve haver uma alternativa melhor de se viver, que esse mundo precisa de restauração, e não estamos enganados, é exatamente isso que precisa acontecer. A Bíblia chama essa restauração de redenção, Deus está redimindo o mundo do pecado para a beleza de sua glória.

No plano redentivo de Deus, Ele escolheu enviar seu Filho no tempo e no espaço, encarnado, para nos substituir em uma vida de perfeita obediência, em morrer em nosso lugar e ressuscitar ao terceiro dia nos fazendo justos diante de Deus, e é assim que Deus está restaurando todas as coisas em sua criação.

Zacarias recebe a visita de um anjo para anunciar que seu filho seria o precursor do Messias, preparando o caminho do Senhor. E ao escolher esse casal, simples, piedoso e que vivia uma tragédia pessoal por não ter filhos, vemos que essa restauração acontece através de nós. Ele usa pessoas comuns, pessoas que têm prazer em sua Palavra e até mesmo pessoas que vivem tribulações e dificuldades nessa vida.

Isso significa que Deus não está sendo surpreendido com nossos tropeços e fracassos, pelo contrário, Ele já os conhece individualmente e continua nos usando em sua obra, apesar de nós, pois sabe que somos pó, e até mesmo nossas fraquezas são oportunidades para sua graça e misericórdias ficarem ainda mais evidentes.

Finalmente, aprendemos que Deus está restaurando todas as coisas por amor a nós, nessa passagem, Isabel reconhece que sua gestação era uma evidência do amor de Deus por ela, as muitas orações que eles fizeram não ficaram perdidas no tempo, não expiraram no espaço, mas cada uma delas estava ainda diante de Deus, e agora Ele ouviu, atendeu o pedido e a expectativa e ainda superou tudo o que ela podia imaginar, para cumprir seu plano de restaurar todas as coisas, e também por amor a seus filhos que viviam oprimidos. Deus ainda usa pessoas como nós, apesar de nós e por amor a nós, creia que Ele é poderoso para fazer muito mais que possamos imaginar (Ef.3.20) e que no final, veremos a beleza das coisas como elas deveriam ser.

Jesus te abençoe. Pr. Eduardo Nunes

 

Aplicativo Boletim Terceira Igreja

Fique informado sobre tudo o que acontece na Terceira Igreja, onde quer que você esteja. Através do nosso aplicativo você será notificado sobre as atividades que estão acontecendo, novidades e mensagens, além disso, você tem na palma da mão pastorais para sua edificação, estudos bíblicos, informações missionárias,  chat, motivos de oração e um contato rápido e prático com a igreja e os usuários do app. 

Disponível para Android
na Google Play

Acesse nossos canais, se inscreva e compartilhe!

  • 31 3278-1644
  • Rua Uberlândia, 620 • Bairro Carlos Prates
    Belo Horizonte • MG • CEP 30.710-230