Compreendendo o evangelho

“Mas o que, para mim, era lucro, isto considerei perda por causa de Cristo” Filipenses 3.7 

É bem comum, ver uma criança perder total interesses pelos muitos brinquedos que já possuí, quando ganha outro brinquedo novo. Para a tristeza (para não dizer falência) dos pais as crianças se cansam de seus presentes bem mais rápido que desejamos, e a alegria que irradiam quando ganham um presente logo se dissipa no passar dos dias.

As coisas não mudam muito quando ficamos mais velhos, sonhamos, trabalhamos e conquistamos diplomas, empregos, carreiras, famílias, bens, para tão logo, mergulhados em monotonia, corrermos atrás de outros “brinquedos” mais interessantes. Este é um ciclo natural de muitas vidas, andamos buscando algo que nos satisfaça, nos complete, nos dê sentido na vida, mas fatalmente descobrimos que quanto mais tentamos tapar esse buraco na alma com as coisas desse mundo, maior ele fica, até que um dia devora nossa alegria e vigor.

O evangelho é a boa notícia de que há sim, algo incomparável, grande o suficiente para preencher nosso vazio, belo o suficiente para nunca deixar de arrebatar nosso coração, algo que, quando ganhamos, todo o resto perde o valor e jamais nos casaremos de nos deleitar nele, sim! Existe algo assim, ou melhor, alguém, Jesus. Paulo teve muitas glórias e honras desse mundo antes de Cristo, mas nenhuma delas tinha o poder de preencher sua alma, ele tinha tudo o que poderia desejar, mas ainda assim estava perdido, mas se encontrou em Jesus (Fp.3.9a).

Compreendemos o evangelho quando percebemos que todo o lucro desse mundo não pode se comparar com a preciosidade de Cristo em nós. Todos os tesouros desse mundo podem ser tirados de você, sua beleza, juventude, títulos, bens, saúde, etc. Mas, o que Jesus te oferece nada nem ninguém pode tirar de você, a redenção de uma vida perdida, a abundância de uma vida satisfeita n´Ele e a eternidade de uma vida que será sustentada por Ele na restauração de todas as coisas. Creia nesse evangelho, sirva a Jesus e descubra o verdadeiro tesouro que de Deus para você.

Jesus te abençoe! Pr. Eduardo Nunes

Sem Arredar o Pé – Sl. 27.14

A famosa guarda da rainha, os Queen’s Guard, são os soldados da infantaria britânica encarregados de proteger os palácios reais desde o reinado de Charles II, em 1660. Atualmente essa guarda especial se tornou atração turística por suas roupas características, sua pomposa cerimônia de troca da guarda e pelo fato de, durante um determinado período, não se moverem de forma alguma quando estão em seu posto. Apesar de parecerem apenas figuras de adorno dos palácios reais, estes soldados são altamente treinados e condecorados para exercer essa função, por isso, não é muito prudente tentar brincar, desconcentrar e, de forma alguma, tocá-los durante seu período de serviço.

A tarefa destes nobres soldados exige muita concentração, ficar parado e esperar é incômodo para nossa natureza que, geralmente, prefere se mover e agir por conta própria, por isso Davi termina esse salmo com este urgente conselho “espera pelo Senhor”. A ideia das palavras que Davi usa nesse verso é de ficar parado, firme, como uma sentinela, sem arredar o pé de um determinado lugar ou posição, trata-se de uma postura resoluta na confiança que se deve colocar em Deus, em todos os momentos da vida.

O salmo fala de confiar em Deus em tempos de angústia, mas como é difícil esperar quando nossa alma esta inquieta, ou quando Deus parece estar em silêncio diante de nossas orações! Entretanto, quando confiamos totalmente no Senhor, reconhecemos que Ele é poderoso, bom e misericordioso, e assim, nosso ânimo é renovado e encontramos forças para firmar nossos pés na Rocha e esperar.

Jesus é a Rocha eterna, que nos revela o poder e bondade do Pai, Ele mesmo esperou e confiou no Pai durante todos seus dias nessa Terra, confiou cumprindo sua Palavra perfeitamente, confiou entregando sua vida na cruz, confiou cumprindo sua obra para que nós, nele, fossemos capacitados a confiar exclusivamente em Deus através do Filho. Se você está se sentindo inquieto e atribulado hoje, firme seus pés na Rocha, confie e espere no Senhor, Ele restaurará seu ânimo e te dará a paz.

Jesus te abençoe.  Pr. Eduardo Nunes