Os feitos de Jesus – João 1.1-14

Terminamos o ano com a convicção de que realmente 2019 foi um anos de milagres e por isto podemos desenvolver uma atitude de louvor.

Esperamos louvar somente o extraordinário, o acontecimento único, mas esquecemos de cultivar uma postura de louvor, algo que não fazemos espontaneamente, mas pode ser aprendido.

Louvar é elogiar, elevar com palavras os feitos de alguém. O louvor deve ser motivado na alma após um impulso de ter recebido algo, um feito ou um presente. As pessoas podem ser louvadas, mas existe alguém que merece todo nosso louvor.

João, autor do evangelho que leva seu próprio nome, destaca 4 feitos de Jesus pelos quais podemos elogiá-lo ou louvá-lo.

Seu primeiro feito é a Criação. João deixa claro que Jesus é Deus ao chama-lo de Verbo, um conceito grego e judeu para se referir à Deus como aquele que vem antes de todas as coisas. Jesus é Deus no sentindo mais pleno e todas as coisas foram criadas por intermédio e através dEle, afinal Jesus é a vida.

O segundo é a Salvação. João emprega a palavra luz como iluminação espiritual. Após a criação veio a Queda, simbolizada pelas trevas, com ela tudo ficou escuro e sem Deus e o ser humano passou a caminhar no escuro, mas veio Jesus e trouxe a luz da salvação que ilumina todos os homens.

Adoção é o terceiro feito. Ser membro da família de Deus só se dá pela graça. Podemos receber Jesus, crer no nome dele e por Ele ser de Deus, somos admitidos em sua família. Ser da família de Deus não é algo que se faz naturalmente, nem por vontade, mas vem de Jesus.

O quarto feito é a Encarnação. Jesus, o Verbo, existe antes da fundação do mundo, mas por amor a nós, se fez carne, tornou-se um de nós e nos mostrou sua glória através de seus milagres, morte e ressurreição, sempre cheio de graça e de verdade.

Que este ano termine trazendo a você momentos de louvor a Jesus por seus grandes e poderosos feitos. Precisamos aprender a louvar em todas as circunstâncias. O louvor abre portas, traz recursos. Vivemos dias em que a tendência é nos tornarmos amargos, infelizes, desiludidos, frustrados, tristes, assumimos uma postura de dizer mal daquilo que temos e podemos combater isto com um espírito de louvor.

Boas Festas e um Feliz Ano Novo! Seus pastores..

Coisas grandiosas!

“Sim, coisas grandiosas fez o Senhor por nós, por isso estamos alegres. Senhor, restaura-nos, assim como enches o leito dos ribeiros no deserto. Aqueles que semeiam com lágrimas, com cantos de alegria colherão. Aquele que sai chorando enquanto lança a semente, voltará com cantos de alegria, trazendo os seus feixes.” Sl.126.3-6

Fim de ano, momento de fazermos aquela retrospectiva e quando olhamos para trás, vemos tudo ou quase tudo que aconteceu neste ano. Foram momentos marcantes, tempos memoráveis, mas também aqueles períodos de sofrimento, de dor, problemas e até mesmo o vale da sombra da morte!

Um ano que está ficando na historia! Não só porque estamos a poucos dias de seu fim, mas por todas as coisas grandiosas que o Senhor fez por nós. É tempo de cantos de alegria, é hora de trazermos nossos feixes! Mesmo que tenhamos chorado, mesmo que incluamos em nossa lista ocasiões difíceis de lágrima e choro, podemos estar alegres com os feitos do Pai!

Como é bom chegar ao fim de mais um ano com este sentimento e esta certeza de que o Senhor encheu os ribeiros no meio do deserto! Este é o nosso Deus, o Emanuel, o Deus conosco! Aquele que fez a Sua glória nascer sobre nós e ao nos levantarmos e resplandecermos vimos a Sua luz em nossas casas, famílias, igreja e comunidade.


É muito bom olhar para o que passou e ter os nossos corações cheios de esperança! É bom também olhar para frente e continuar rumo ao alvo! Recalcule a sua rota para que nesse novo ano, que está chegando possamos continuar experimentando a boa, agradável e perfeita vontade de Deus!

Desejo a você um feliz natal e um ótimo caminho em 2020.

Pr. Lemuel Rodrigues

7 maneiras de adorar a Jesus neste Natal

O Natal pode ser uma loucura de compras ou ter o verdadeiro sentido desta data. Mas em meio ao consumismo, festas e Papai Noel como fazer algo que resgate a importância do nascimento de Cristo?

Simples! Transforme essa data num verdadeiro ato intencional de adoração a Jesus.

1. Tenha um culto familiar
Não deixe a animação da festividade distrair você do propósito principal. Antes de ceia aproveite para fazer um culto doméstico. Traga uma palavra que resgate a história do nascimento de Jesus. Escolha um texto com a promessa do Messias no Velho Testamento e outro mostrando a profecia se cumprindo no Novo Testamento. Orem juntos, agradeçam e louvem.

2. Ouça louvores
Encha sua casa lindas canções e hinos que tratam da beleza do nascimento de Jesus.

3. Os nomes de Jesus
Numa caixa ou saquinho coloque plaquinhas ou estrelas com os vários nomes de Jesus (Messias, O Caminho, A Verdade, A Vida, Filho, Emanuel, Cordeiro de Deus, Leão de Judá, Príncipe da paz, Bom Pastor e outros). Deixe que cada membro da família retire um nome e explique porque Jesus é chamado assim. Isso certamente rendará boas reflexões.

4. Atos de bondade
Uma boa forma de trazer Cristo de volta ao centro de sua festa é fazer uma dinâmica na qual a cada presente recebido a pessoa pega um papel dentro de uma cesta ou caixa onde estarão previamente escritos vários atos de bondade. A pessoa se comprometerá a praticar o que estiver escrito ali ainda naquela semana. Algumas sugestões: Ligar para um(a) amigo(a) distante, doar roupas (ou brinquedos), visitar alguém que há muito tempo não vê, visitar uma abrigo de crianças ou idosos, etc.

5. Presenteie com calma
Deixe o estresse e as grandes expectativas de lado. Presenteie com moderação, mas acima de tudo com o coração. Deus ama quem dá com alegria. Quando mostramos uma generosidade adoradora nos aproximamos do caráter de Cristo.

6. Faça um bolo de aniversário
Nós não fazemos um bolo de aniversário para quem celebramos a festa? Faça o mesmo para Jesus. Na hora de partir o pedaço de cada pessoa, ela deverá agradecer a Jesus por algo. Essa pode ser a mais nova tradição da sua família!

7. Cartões DE/PARA
Em vez da tradicional etiqueta “De/Para”, coloque um lembrete em cada presente: Este presente é muito bom, mas o melhor é Jesus.

Que em meio a assar, decorar e embrulhar presentes essas práticas ajudem a preparar um verdadeiro ato adoração neste Natal!


Por: Janaína Depiné
 é jornalista, consultora de etiqueta, especialista em comunicação empresarial e mestre em educação. É palestrante, articulista e consultora na área da etiqueta há mais de 15 anos. Extraído de https://www.ultimato.com.br/conteudo/7-maneiras-de-adorar-a-jesus-neste-natal