Estudo 07 – As glórias da simplicidade

Texto: Lc.2.1 – 20

A pergunta

Por que, por mais que alcancemos conquistas nesse mundo, ainda vivemos insatisfeitos em busca de coisas mais gloriosas?

Veja bem

Há coisas simples que nos dão profundo prazer e são gratuitas ou muito baratas, um café coado na hora, observar um lindo pôr do sol…tem algo assim que você poderia citar?

A resposta

Na humilhação do Filho de Deus, encontramos o caminho de nossa verdadeira exaltação e satisfação plena.

I – UM GLORIOSO EVENTO E A SIMPLICIDADE DO MOMENTO

  1. O evento mais glorioso, aconteceu em uma simples manjedoura. Por que você acha que Deus escolheu esse cenário para a vinda de seu Filho?
  2. Qual é sua reação quando as coisas não saem como planejado?

II – UM GLORIOSO EMISSÁRIO E A SIMPLICIDADE DOS DESTINATÁRIOS

  1. Por que você acha que Deus enviou emissários tão gloriosos para anunciar a mensagem a pessoas tão simples? (vs.8 – 14)
  2. Na sociedade as pessoas mais simples são desprezadas, por que isto acontece? Qual deve ser nossa postura diante disso?

III – UMA GLORIOSA MISSÃO E A SIMPLICIDADE DA AÇÃO

  1. Qual foi a reação dos pastores e o que podemos aprender com ela?
  2. Quais são as principais barreiras que temos para falar de Jesus para outras pessoas?

A missão

Desenvolvermos alegria e gratidão pelo que já recebemos em Jesus

  1. Agradeça por cada pequena boa coisa que experimenta em seu dia
  2. Valorize e se aproxime de pessoas que não têm nada para te oferecer e seja amável
  3. Se comprometa a falar da obra e pessoa de Jesus para àqueles que Deus colocar em seu caminho.

 

Estudo 06 – Ajuste Seu Foco

Texto: Lc.1.67 – 80

A pergunta

Como podemos manter o foco em Deus quando tantas coisas parecem roubar nossa atenção?

Veja bem

Já experimentou usar óculos com lentes que não são apropriadas para você? Ou enxerga tudo embaçado, ou fica com dor de cabeça, não é mesmo? Da mesma forma acredito que ninguém goste de usar óculos escuros enquanto dirige em uma viagem noturna, porque as lentes não são adequadas. Como as lentes dos óculos, o foco do nosso coração determina a forma como vivemos.

A resposta

Mantemos o foco quando buscamos meditar na obra de Deus no passado, no presente e para o futuro, em louvor de sua glória.

I – AJUSTE SEU FOCO PARA O PODER DE DEUS

  1. Olhe para o texto e cite as expressões que Zacarias usa para louvar a ação de Deus em favor de seu povo.
  2. Perdemos o foco no poder de Deus quando tentamos fazer tudo pela nossa força, você poderia citar alguns exemplos de como isso acontece?

II – AJUSTE SEU FOCO PARA A FIDELIDADE DE DEUS

  1. Zacarias louva a Deus por estar cumprindo fielmente o que prometeu no passado. Em quais situações somos tentados a duvidar da fidelidade de Deus?
  2. O vs.74 diz (no original) que somos livres para servir à Deus. Os compromissos de sua agenda diária, semanal, têm deixado espaço para que você sirva a Deus como ele requer?

III – AJUSTE SEU FOCO PARA A MISERICÓRDIA DE DEUS

  1. O vs. 78 diz o motivo para Deus estar agindo em favor do seu povo, sua misericórdia, você sabe o que significa essa palavra? Compartilhe com o grupo.
  2. Ser alvo de misericórdia significa reconhecer que não temos nada para oferecer, você acha que o orgulho tira o nosso foco de Deus? Como isto acontece?

A missão

Manter o foco em Deus olhando para seu poder, fidelidade e misericórdia, sempre que algo desviar nossa atenção do seu plano redentivo.

  1. Desenvolva o hábito de orar antes das menores tarefas diárias
  2. Memorize versículos com promessas fiéis de Deus para nós
  3. Seja rápido para confessar seus pecados confiando na misericórdia de Deus revelada em Jesus.

Estudo 05 – O Deus que cumpre as suas promessas

Texto: Lc.1.57 – 66

A pergunta

Como permanecer firme nas promessas de Deus quando há uma pressão externa para negarmos nossa fé?

Veja bem

Quando você vai abastecer o carro, ou já viu alguém fazendo isso, tem o hábito de observar se a bomba estava zerada? Fazemos isso para ter a certeza de que receberemos exatamente aquilo pelo que pegamos, o tanque será completo até o último nível. É exatamente o que vemos neste texto, Deus completando as promessas feitas sobre João.

A resposta

Podemos permanecer firmes em Deus diante das pressões externas porque Deus cumpre todas as suas promessas. Vemos isto nesse texto através das reações:

I – ALEGRIA

  1. O nascimento de João trouxe alegria, como Deus havia prometido (1.14), Deus se importa com nossa alegria?
  2. Há algum texto da Palavra de Deus que marca você trazendo alegria ao seu coração? Qual?

II – ADMIRAÇÃO

  1. O nome de João já havia sido escolhido antes dele nascer, qual foi a atitude de Izabel diante da pressão das pessoas?
  2. Compartilhe algo que Deus fez em sua vida que é digno de admiração.

III – TEMOR

  1. Foi prometido que Zacarias voltaria a falar quando tudo se cumprisse, qual foi a primeira reação dele quando isso aconteceu?
  2. O temor a Deus nos firma em suas promessas, há algo que você tem muito medo? Como Jesus vence esse temor?

A missão

Continuar crendo nas promessas de Deus mesmo quando tudo parecer impossível.

  1. Alimente mais sua mente com a Bíblia do que com as más notícias
  2. Desenvolva o hábito de memorizar partes das Escrituras
  3. Não se envergonhe de declarar sua fé e confiar em Jesus

Estudo 04 – O Deus que exalta os humildes

Texto: Lc.1.39 – 56

A pergunta

Como Deus exalta os humildes em um mundo onde os soberbos são admirados e parecem sempre prosperar?

Veja bem

Imagine que você já está há um longo tempo esperando com seu carrinho de compras numa fila de supermercado e vê uma jovem passando suas mercadorias na frente dos outros.

  1. Como você age quando algo assim acontece com você?

A resposta

Deus está exaltando os humildes em um mundo que admira os soberbos através de seu plano redentivo em Jesus.

I – VISITANDO OS ESQUECIDOS

  1. Deus visitou mulheres humildes depois de um longo tempo de silêncio profético, leia 1Co.1.26 – 28 e veja o que Deus diz sobre isso.
  2. Você as vezes sente que ninguém te vê ou se importa? Como esse texto te ajuda a lidar com esse sentimento?

II – CAPACITANDO OS DESFAVORECIDOS

  1. Como vemos a ação do Espírito Santo na vida de Maria e Izabel, nesta passagem?
  2. Precisamos da capacitação do Espírito para sermos humildes como Izabel elogiando Maria (Vs.45), por que temos dificuldade de elogiar outras pessoas?

III – DEFENDENDO OS OPRIMIDOS

  1. Como vemos Deus defendendo os oprimidos no cântico de Maria?
  2. Você já sofreu (sofre) rejeição? Como o exemplo de Jesus (Fp.2.5 – 11) pode nos ajudar a superar isso?

Missão

Em um mundo que exalta os soberbos somos chamados a glorificar a Deus imitando a humildade de Jesus e confiar em seu cuidado gracioso

  1. Exercite o hábito de elogiar publicamente pessoas a sua volta.
  2. Identifique seus pontos de orgulho e submeta-os a Jesus.
  3. Busque ser cheio do Espírito Santo através da fé em Jesus.

Transplante de urgência

Ez 11:9: “Tirar-vos-ei do meio dela, e vos entregarei nas mãos de estrangeiros, e executarei juízos entre vós.”

Dentro da sala de cirurgia 2A do hospital Groote Shuur, na Cidade do Cabo, no dia 03/12/1967, estava sendo escrita uma importante página da história da medicina mundial. Por volta das 06h, sob a condução do Dr. Christiaan Neethling Barnard, cirurgião sul-africano, o coração de Denise Darvall voltou a bater, só que desta vez, dentro do peito de Louis Washkansky, acabava de acontecer o primeiro transplante de coração humano no mundo. Foi um feito global, estampou as capas dos principais jornais e transformou Barnard em uma celebridade instantânea. Até hoje consideramos isso algo impressionante, alguém receber no peito o coração que era de outra pessoa e funcionar perfeitamente, como uma peça de automóvel. No início muitas questões começaram a surgir, será que quem recebe o coração de outra pessoa recebe também seus sentimentos, sua personalidade? Hoje sabemos que não é assim que funciona, mas, mesmo assim, o coração continua sendo apontado como reduto de quem nós realmente somos, mais do que aparentamos externamente. Nos tempos bíblicos o entendimento era semelhante, o coração não era apenas a sede das emoções, mas também dos pensamentos e vontades, ao falar do coração, as Escrituras se referem a nossa parte interna, o homem interior, mas que direciona tudo o que somos exteriormente. Muito tempo antes de Christiaan Barnard realizar seu famoso feito, o Senhor já falava de um tipo de transplante que iria fazer, tirar o coração de pedra e colocar em nós um coração de carne. É interessante porque, nesse caso, mais uma vez percebemos a soberania de Deus em resolver um problema insolúvel para nós, isto é, não há como vencer o pecado externamente, é necessária uma transformação interna, uma que não somos capazes de realizar, somente Deus pode. Deus sabe que a dureza de nossas atitudes advém de um coração de pedra, somente um novo coração pode produzir uma nova vida, não há esforço nem boas obras que possam produzir tal coisa. Em Cristo nós somos feitos novas criaturas, tudo se faz novo, porque recebemos um novo coração, capaz de amar a Deus e odiar o pecado, dirigido pelo Espírito Santo em direção a vontade de Deus. Jesus te abençoe.

Estudo 03 – Quando o céu entra em sua casa

A pergunta

Quando sentimos que a realidade que vivemos está muito distante do que lemos na Bíblia, como podemos experimentar a realidade do céu em nossa vida pessoal?

Veja bem

Eu nunca assisti uma ópera em toda a minha vida, mas tenho uma ideia do que se trata, cantores fantasiados, entoando canções em uma língua que eu desconheço, sobre histórias que eu nunca ouvi e em contextos bem distantes da minha realidade. As vezes parece que exatamente assim que a muitas pessoas se sentem quando leem a Bíblia e não conseguem entender o que isso tem a ver com elas.

  1. Aponte algumas dificuldades que temos em conectar a Bíblia com a nossa realidade.
  2. Como podemos experimentar a realidade da Bíblia em nossa vida diária?

A resposta

O plano de Deus apresentado em toda Bíblia é a redenção de todas as coisas, em Jesus todas Deus nós podemos compreender essa realidade em nossas vidas.

I – O CONTEÚDO DA MENSAGEM

  • Por Que você acha que Maria ficou perturbada com a saudação angelical?
  • Nos versos 31 a 33, quais títulos são dados ao filho prometido?

II – O FUNDAMENTO DA MENSAGEM

  • O que mais te chamou a atenção no comportamento de Maria?
  • O anjo fala de favor (28) e graça (30), o que isto significa em relação a Maria?

III – OS EFEITOS DA MENSAGEM

  • Sendo jovem e noiva, quais implicações esta gestação poderia trazer para Maria?
  • A declaração do verso 38 é de total submissão, por que Maria teria tanta confiança?

A missão

“Em situações cotidianas, mesmo quando não entendemos o que Deus está fazendo, devemos ser submissos a sua Palavra e crer na promessa”

  1. Você acha que poderia decorar um versículo que te lembre de uma promessa?
  2. Quais desafios do seu dia a dia poderiam ser respondidos com o texto das Escrituras?
  3. Como poderia dividir as áreas de sua oração diária para cobrir sua realidade hoje?

 

ESTUDO 02 – Como Deus restaura todas as coisas

Texto: Lc.1.5 – 25

A pergunta

As vezes tudo parece estar tão ruim que temos dificuldade em acreditar na promessa de Deus. Como Deus está trabalhando para restaurar sua criação?

Veja bem

Você já viu algum programa de restauração? Tem aqueles que se restaura uma casa velha e a deixam como uma linda habitação moderna, reforma de carros, e até de pessoas, com o “antes e depois”, parece que tem algo em nós que gosta de ver as coisas sendo restauradas.

  1. Quais sinais você identifica que revelam que o mundo precisa de restauração?
  2. Liste algumas coisas que são boas, mas que são distorcidas pelo pecado.

A resposta

No meio de nossas tragédias e vitórias diárias, Deus está conduzindo nossa história dentro do seu plano redentivo.

I – ATRAVÉS DE NÓS

  • Quais características obtemos de Zacarias e Izabel nos versos 5 a 7?
  • Qual era o problema do casal e que lições aprendemos no sofrimento dos justos?

II – APESAR DE NÓS

  • Qual foi o motivo que levou Zacarias a duvidar, segundo o verso 18?
  • Mesmo com a incredulidade de Zacarias, Deus o abençoou, o que isto te faz sentir?

III – POR AMOR A NÓS

  • O verso 24 revela a prudência de Isabel em se ocultar, por que acha que as pessoas gostam tanto de ostentar suas vitórias para os outros?
  • Isabel se sentiu amada por Deus, o que pode nos fazer duvidar do amor de Deus por nós?

A missão

“Cumprir nosso papel no plano redentivo de Deus”

  1. Como você pode contribuir para o avanço do Reino no lugar onde está?
  2. Como você pode fortalecer sua fé para permanecer firme mesmo quando o sofrimento parecer durar mais do que imaginava?
  3. Como a certeza do amor de Deus por você te ajudará a se relacionar com as outras pessoas?