Estudo 12 – Em comunhão uns com os outros, podemos experimentar o amor de Deus.

Deus nos deu a igreja para nos ajudar a desfrutar dele. A comunidade cristã é o principal contexto no qual você experimenta a alegria divina. Estou ciente de que esta é uma reivindicação ousada. Da próxima vez que se reunir com a sua igreja, olhe ao redor; o cenário poderá não parecer muito promissor. Mas se você olhar com os olhos da fé, verá em seus irmãos e irmãs centenas de maneiras pelas quais a alegria e o amor divinos se fazem plenos.
• Desfrutamos de Deus ao receber amor
• Desfrutamos de Deus ao dar amor

COLOCANDO EM PRÁTICA
Como a sua comunidade cristã pode ajudá-lo a deleitar-se em Deus? Como você pode ajudar outros a deleitarem-se em Deus. Aqui vão algumas ideias.

1. Encontre alguém com quem orar, um a um. Você não precisa contar a todo mundo suas lutas; porém, ter pelo menos uma pessoa com quem possa ser honesto e franco faz uma grande diferença. Encontre alguém que o ame a ponto de falar-lhe diretamente — alguém que irá falar “a verdade em amor” (Ef 4.15).
Ouça as palavras dele como uma mensagem do próprio Cristo. E não se esqueça de falar a verdade em amor para ele também.

2. Deixe as pessoas cantarem para você. Uma das coisas que gosto de fazer de vez em quando é parar de cantar e ouvir como se a canção estivesse sendo cantada apenas para mim. Pode ser um momento muito poderoso. Toda a verdade da canção é direcionada com todo o poder da música para o meu coração. É claro que não podemos fazer isso todos ao mesmo tempo; do contrário, não restará ninguém cantando. Mas experimente de vez em quando. Ajuda se você se sentar mais à frente, de modo que a maioria das pessoas esteja cantando na sua direção — um muro de som vindo até você para incitar suas emoções.

3. Olhe para as pessoas ao tomar a comunhão. As pessoas frequentemente fazem da Ceia do Senhor um momento particular entre elas e Deus. Porém, trata-se de um momento comunitário. “Porque nós, embora muitos, somos unicamente um pão, um só corpo; porque todos participamos do único pão” (1Co 10.17). Então olhe para seus irmãos e irmãs tomando o pão e o vinho. Reflita sobre a graça de Deus na vida deles. Pense que coisa maravilhosa é que pessoas tão diferentes estejam reunidas como família por meio do evangelho.

4. Convide alguém para uma refeição. Jesus passou grande parte do seu ministério assentado à mesa, tomando refeições com as pessoas. Essa era a sua maneira de expressar comunidade com as pessoas e a sua maneira de fazer missão. Ao comer com pecadores, ele poderosamente encarnava a graça de Deus para com eles. Nós, também, podemos encarnar a graça de Deus para com as pessoas numa refeição ao redor da mesa.

É uma maneira de oferecer amizade. Se as suas circunstâncias tornarem difícil receber pessoas em casa, convide-as para um café ou um piquenique. Uma refeição é o melhor primeiro passo para viver em comunidade.

AÇÃO
Comece a convidar alguém de sua igreja para uma refeição.
Uma manhã de segunda-feira na vida de Marcos e Emanuela
“Desculpe-me a bagunça”, diz Amanda. Emanuela sorri. A casa de Amanda é sempre bagunçada. Ela tira uma pilha de roupas da cadeira e a coloca sobre a mesa, para Emanuela poder se sentar. Amanda lhe serve uma xícara de chá bem forte. Emanuela não entende como Amanda consegue lidar com aquele caos.
Por nada neste mundo, porém, ela cancelaria aquele tempo semanal juntas. Amanda tem sido um grande encorajamento nos últimos anos. É tão proveitoso conversar sobre os problemas, orar juntas, dividir algumas lágrimas. Quando Rosa morreu, houve momentos em que Emanuela questionou o amor de Deus. Mas, de algum modo, o amor de Deus sempre parecia mais evidente depois de ela passar tempo com Amanda.
“Você é literalmente uma enviada de Deus”, diz Emanuela. Amanda levanta a sobrancelha, sem compreender.
“O dia não começou muito bem”, explica Emanuela. “Mas aqui está você com uma xícara de chá — um pequeno presente de Deus”. “Eu ou o chá? Qual é o presente de Deus?”, Emanuela sorri. “Os dois. Definitivamente, os dois”.

QUESTÕES PARA REFLEXÃO
• Em que ocasião uma palavra de outro cristão teve um poderoso impacto em seu coração? Ou em que ocasião você experimentou o amor de Deus por meio da bondade de outros cristãos?

• Em que ocasiões você descobriu que a busca egoísta da felicidade é autodestrutiva?

• Pense nos cristãos que você conhece e que estão demasiadamente preocupados consigo mesmos, seus desejos e seus status. E pense nos cristãos que você conhece e que estão mais preocupados em servir aos outros e com a glória de Deus. Quais são mais felizes?

• Na economia de Cristo, dar é receber. O que você pode dar?

Guia de Estudo EXPERIMENTANDO MAIS DE DEUS, por Tim Chester – Editora Fiel